Yesterday @ Estilhaços

No próximo dia 22 de Novembro, farei um pequeno showcase no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria, a propósito do Festival Estilhaços. ESTILHAÇOS é o espaço das “curtas”. Curtas-metragens visuais, sonoras, cinematográficas e performativas, que se sucedem e fundem em vários espaços da maior sala de espectáculos da cidade do Lis. Peça após peça, bloco sobre bloco, desfragmentando e reordenando, surgem “estilhaços”, como uma construção de pequenos momentos que, por força de uma orientação e sentido comuns, assumem novas formas. As duas associações leirienses voltam pelo terceiro anos consecutivo a unir esforços para apresentar um programa diversificado de showcases musicais, instalações, curtas-metragens de ficção e animação, cinema documental e experimental, exposições, dança e outras intervenções…

Mais informações, aqui.

| Next November the 22nd, I will do a small showcase at Teatro José Lúcio da Silva, in Leiria, as a part of the Estilhaços festival. ESTILHAÇOS is the place for short films:  visual, sound, cinema or performative, that fuse  in various spaces of the biggest auditorium in Leiria.

Advertisements

2 thoughts on “Yesterday @ Estilhaços

  1. Olá yesterday, subscrevi o teu blog à uns dias e gosto bastente daquilo que fazes e da maneira desinteressada como abordas a industria o que me parece ser uma grande virtude e que te liberta para fazeres o que realmente gostas e fazes com grande qualidade.Eu tamb+em sou musico e tenho temas de minha autoria em Português, sinto é uma grande dificuldade em pormover o meu trabalho em eventos como estes festivais e casas de cultura. Eu não estou associado a nenhuma editora nem nada disso e julgo que tu também não, gostava de saber se sentes também dificuldade em encontrar espaços onde possas mostrar a tua arte apesar de saber que não é um grande intusiasta de concertos ao vivo (entrevista). Forte abraço e continua com o excelente trabalho Luis Oliveira

    Date: Thu, 9 Oct 2014 09:20:52 +0000 To: alkymia1@hotmail.com

    • Olá Luís. Obrigado pelas tuas palavras. Eu também não estou associado a nenhuma editora e isso é, de alguma forma, libertador, porque eu não tenho expectativas na indústria da música. Contudo, para alguém que tenha, ou fica à mercê de uma editora e de um contrato ou, por iniciativa e com fundos próprios, contrata um agente e um promotor (o que é bastante dispendioso) para criar publicidade à volta de um lançamento. Tudo isso é, claro, um pouco arriscado e traduz um jogo em que a música já não interessa, mas sim como fazê-la chegar a um maior número de pessoas.
      Como também não tenho agente ou promotora, fico sujeito a convites que possa ir tendo. Eu acho que para alguém, que se esforce por se mostrar e queira fazer disso sustento, há muitas salas onde se pode tocar: as fnacs estão sempre abertas a novos artistas, e outros espaços culturais tipo cafés-concerto, algumas livrarias, etc. Uns concertos acabam por levar a outros e eventualmente, poder-se-á chegar a uma sala mais séria. Para isso é preciso ter alguma paixão por tocar ao vivo e um trabalho constante de marcação de eventos – como se fosses o teu próprio promotor. No meu caso, falta-me, como leste muito dessa paixão : ) Uma outra estratégia é falar com o pessoal da cultura das câmaras municipais: em muitos casos, eles põem à disposição auditórios ficando com uma percentagem da bilheteira. É também um risco, mas num evento bem planeado e publicitado, pode resultar – especialmente se, sendo bandas ou projectos jovens, juntarem-se num pequeno grupo e fazer um evento em que todas tocam.
      grande abraço
      bom trabalho para ti. envia-me algo :)
      Pedro

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s